Fórum Voltado a criação e manutenção de aves silvestres e exóticas.

Palavras chave

Últimos assuntos

Novembro 2017

SegTerQuaQuiSexSabDom
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930   

Calendário Calendário

Parceiros

Fórum grátis


    Pausa para reflexão.

    Compartilhe
    avatar
    Monteiro Junior
    Administrador
    Administrador

    Mensagens : 170
    Data de inscrição : 28/11/2013

    Pausa para reflexão.

    Mensagem por Monteiro Junior em Sex Nov 29 2013, 16:47

    Amigos forumeiros vamos a uma reflexão, a criação de pássaros no Brasil e no mundo tem diversas facetas. Alguns classificam a atividade como um hobby ou terapia, outros a encaram como um bom negócio, mas há também quem faça referência aos “passarinheiros” (como são chamados os criadores) como “salvadores das espécies” que é como eu vejo a situação a grosso modo raras excessões, essa última definição é bastante controversa, pois o senso comum não só a rebate como diz que é ilegal e cruel manter pássaros em cativeiro. Mas, ao contrário do que os leigos acreditam, mantendo passarinhos na gaiola e tratando-os com amor, carinho e cuidados especiais, o homem pode sim dar uma grande ajuda à natureza, evitando a extinção de muitos deles e vou muito mais além considero um banco genético vivo, o hábito de criar passarinhos pode ajudar na conservação das espécies, mas isso só vale para quem cria as aves em acordo com a legislação ambiental que, ao contrário do que muita gente acredita, não só permite como regulamenta o modo correto de se estabelecer as criações.

    Juntos, os criadores amadores legalizados representam a esperança de sobrevivência para espécies que estão desaparecendo da natureza devido ao intenso tráfico de animais silvestres. Exemplo disso é o Bicudo que chegou a entrar na lista de ameaçados de extinção, bem como o curió é tão facinado que ele acabou se tornando uma vítima preferencial dos traficantes. Foram tão retirados da natureza em regiões como o Estado de São Paulo, por exemplo, que hoje em dia é quase impossível achar um deles nas matas paulistas. Em outras regiões do país, as aves seguem o mesmo lamentável destino, por sorte, ambos também são uns dos favoritos entre os criadores autorizados e esse plantel poderá ser usado no futuro para reintroduções nas matas antes habitadas pelos curiós e bicudos, na mesma toada vem o trinca-ferro, o azulão, o pintassilgo e o sabiá-laranjeira, todos pássaros que podem ser criados em cativeiro, desde que respeitadas as regras legais emitidas pelo Ibama.

    Vale a pena acabarmos com as espécies? Meu Deus oque são hoje R$30,00 anuais para estar dentro da lei?
    ao invés de ter uma ave mateira que nunca saberemos bem sua idade bem como arriscar não ser o seu canto de preferência, muitas vezes nem o sexo do animal se sabe, muitos nunca cantarão em confinamento, aves essas que seriam apreciadas por muitos, qual não seria a alegria de ser despertado por uma ave que nunca sofreu na mão de traficantes ilegais bem como os maus tratos dos atravessadores cruéis que acabam com nossa fauna, pensem bem vamos ser realmente humanos no sentido literal da palavra.

    Você pensa em que ao ver estas imagens?







    Se pensa puxa podia estar com um desses ou não te chocar, você não merece ser chamado de ser humano!

    Monteiro Júnior
    Biólogo e Criador de aves Silvestres
    Administrador do fórum PÁSSAROS & CIA
    15/11/2013

      Data/hora atual: Seg Nov 20 2017, 01:42